Archive for the ‘Dia internacional do não fumador’ Category

photo07

SOU um bocado suspeita para falar deste dia, visto que sou fumadora muito activa, compulsiva até! Fumo há 8 anos (desde os 12) e acho que estes números dizem tudo. Já eu (o outro que também diz que escreve – risos), fumo desde os 14 e infelizmente sou actualmente aclamado de “chaminé-tossidora”.

cerca de um ano e meio que entrou em vigor a nova lei do tabaco. Sou contra e a favor desta lei. É tão bom quando se vai a algum restaurante ou café e se pode acender o cigarrinho para acompanhar o café. Para respeitar os não fumadores somos obrigados a ir lá para fora… perfeitamente compreensível, é tudo uma questão de hábito! É mau um não fumador ter de fumar ao lado de um que o faz – Há que haver respeito, mas caramba! Os passivos que nos respeitem também – Isso é liberdade, respeitar a dos outros.

NÃO entendo esta lei no domínio das escolas secundárias. Ter de ir para fora da escola só para fumar um cigarro?! Os intervalos são tão pequenos que mal dá para fumar na escola um cigarro inteiro, quanto mais ter de ir lá para fora! E quando chove? pois é, há que respeitar os não fumadores, mas para isso os fumadores perdem o respeito. Felizmente na universidade isto não acontece, mas falando em discotecas e afins, existem algumas que na sala “de chuto” há um completo e desconfortante efeito ruim de “estufa”. Noutras, como no Algarve, visto não serem diferenciados os locias de fumo, todos apanham com o mesmo – ‘Tá mal!

AO abrigo desta lei, nós fumadores subimos ao estatuto de quase criminosos!

MUDANDO o rumo desta crónica… Vamos pensar nas crianças. Faz-me confusão quando vejo os pais a fumarem ao pé das crianças. Parece que não se importam com os próprios filhos! Em Coimbra acontece-me frequentemente a situação de estar na paragem de autocarro, chegar a mãe com a(o) filha(o) e sentar a criança ao meu lado estando eu a fumar um cigarro. Sou eu que me levanto e me afasto da criança para esta não apanhar com o fumo! Ainda há também quem se ache muito “bonzinho” ao deixar de fumar quando se está á espera de um filho, mas após o nascimento deste, volta-se á mesma estupidez.

ACHO que esta a altura de relembrar alguns dos malefícios do tabaco:
     estima-se que por cada cigarro que se fuma diariamente perde-se um ano de vida (bem, eu fumo cerca de 30 cigarros por dia.. acho que morro amanhã!);
     lesões pulmonares, risco de cancro no pulmão, enfisema e de bronquite crónica;
     aumenta 2 a 4 vezes o risco de crise cardíaca, enfarte no miocárdio ou angina de peito;
     risco de tumor na laringe, da boca, língua e lábio, do esófago, dos rins, da bexiga e do pâncreas.

outra má notícia é o preço do tabaco. Como é possível o imposto do tabaco ser tanto que nos faz comprar um maço de tabaco a €3,30 no mínimo – 660 escudos!! No meu tempo um maço de Camel custava apenas 190$ (e ninguém me pedia BI)… aiiii que até dói! Num avião para os Açores, um maço de tabaco custa a módica quantia de cerca de um euro e pouco – Vejam só o imposto que o Governo mete nos bolsos. Há uma contradição suprema. Lei do tabaco contra o seu lucro para os cofre do Estado. Enfim…

NEM tudo são más notícias! Um estudo feito recentemente em Portugal aconselha os fumadores passivos a fumarem um cigarro por semana, pois estes apenas inspiram o fumo e não o expiram. Mas que grande teoria… é para as tabaqueiras lucrarem só mais um bocadinho!

Diogo Costa Leal & Bar0na. 09

Vá, vamos gerar discussão! Round 1, fight!